Skip to main content
 
(Há 2 edições intermédias do mesmo utilizador que não estão a ser apresentadas)
Linha 21: Linha 21:
 
|-style="background:#E1EFC2;"
 
|-style="background:#E1EFC2;"
 
|-
 
|-
| 1ª Divisão||1957||América Mineiro|||||||||||||||||||||
+
| Mineirão||1953||América Mineiro|||||||||||||||||||||
 +
|-
 +
| Mineirão||1954||América Mineiro|||||||||||||||||||||
 +
|-
 +
| Mineirão||1955||América Mineiro|||||||||||||||||||||
 +
|-
 +
| Mineirão||1956||América Mineiro|||||||||||||||||||||
 
|-
 
|-
 
| 1ª Divisão||1957/58||FC Porto|||||||Taça de Portugal||||||||||||||
 
| 1ª Divisão||1957/58||FC Porto|||||||Taça de Portugal||||||||||||||
Linha 41: Linha 47:
 
| 1ª Divisão||[[1965/66]]||[[Sporting Clube de Portugal|'''SPORTING''']]|||11||1||Campeonato Nacional<br>Taça de Honra||||||||||||||
 
| 1ª Divisão||[[1965/66]]||[[Sporting Clube de Portugal|'''SPORTING''']]|||11||1||Campeonato Nacional<br>Taça de Honra||||||||||||||
 
|-
 
|-
| 2ª Divisão||1966/67||Olhanense|||||||||||||||||||||
+
| Carioca||1967||Portuguesa|||||||||||||||||||||
 
|-
 
|-
 
| 2ª Divisão||1967/68||Ac.Viseu|||||||||||||||||||||
 
| 2ª Divisão||1967/68||Ac.Viseu|||||||||||||||||||||
 +
|-
 +
| 2ª Divisão||1968/69||Ac.Viseu|||||||||||||||||||||
 +
|-
 +
| 2ª Divisão||1969/70||Olhanense|||||||||||||
 +
|-
 +
| 2ª Divisão||1970/71||Olhanense|||||||||||||
 +
|-
 +
| Regionais||1971/72||Avintes|||||||||||||
 
|-
 
|-
 
|-style="background:#E1EFC2;"
 
|-style="background:#E1EFC2;"
Linha 61: Linha 75:
 
| width=30% |'''Titulos'''
 
| width=30% |'''Titulos'''
 
|-
 
|-
| 2ª Divisão||1966/67||Olhanense|||||||||||||
+
| 2ª Divisão||1967/68||Ac.Viseu|||||||||||||||||||||
|-
+
| 2ª Divisão||1967/68||Ac. Viseu|||||||||||||
+
 
|-
 
|-
| ||1968/69|||||||||||||||
+
| 2ª Divisão||1968/69||Ac. Viseu|||||||||||||
 
|-
 
|-
| ||1969/70|||||||||||||||
+
| 2ª Divisão||1969/70||Olhanense|||||||||||||
 
|-
 
|-
| ||1970/71|||||||||||||||
+
| 2ª Divisão||1970/71||Olhanense|||||||||||||
 
|-
 
|-
 
| Regionais||1971/72||Avintes|||||||||||||
 
| Regionais||1971/72||Avintes|||||||||||||
Linha 91: Linha 103:
 
Vingar-se-ia dois anos depois, quando foi às Antas disputar uma Final da Taça de Portugal e marcou um dos golos da vitória com que os homens de Matosinhos surpreenderam o País e fizeram história, derrotando o poderoso FC Porto na sua própria casa.  
 
Vingar-se-ia dois anos depois, quando foi às Antas disputar uma Final da Taça de Portugal e marcou um dos golos da vitória com que os homens de Matosinhos surpreenderam o País e fizeram história, derrotando o poderoso FC Porto na sua própria casa.  
  
A 19 de Julho de 1962, já com 28 anos, Osvaldo ingressou no Sporting, onde em quatro temporadas realizou 116 jogos oficiais ao serviço da equipa principal do Clube, nos quais marcou 42 golos, conquistando mais uma Taça de Portugal e outro Campeonato Nacional.  
+
A 19 de Julho de 1962, já com 28 anos, Osvaldo ingressou no Sporting que pagou 500 contos pelo seu passe e cedeu o avançado [[Octávio]] ao Leixões. Em quatro temporadas no Sporting realizou 116 jogos oficiais ao serviço da equipa principal do Clube, nos quais marcou 42 golos, conquistando mais uma Taça de Portugal e outro Campeonato Nacional.  
  
 
Mas foi em 1964 que ganhou um lugar na história do [[Sporting Clube de Portugal]] como um dos heróis da conquista da Taça das Taças, para a qual contribuiu com exibições memoráveis, especialmente no inesquecível jogo em que o Sporting ganhou por [[5-0 ao Manchester United]] com três golos de sua autoria, e no desempate das meias-finais, em que foi dele o golo com que o Sporting derrotou por 1-0 o Lyon, que chegou a oferecer uma fortuna pelo seu passe.  
 
Mas foi em 1964 que ganhou um lugar na história do [[Sporting Clube de Portugal]] como um dos heróis da conquista da Taça das Taças, para a qual contribuiu com exibições memoráveis, especialmente no inesquecível jogo em que o Sporting ganhou por [[5-0 ao Manchester United]] com três golos de sua autoria, e no desempate das meias-finais, em que foi dele o golo com que o Sporting derrotou por 1-0 o Lyon, que chegou a oferecer uma fortuna pelo seu passe.  
  
Na temporada de [[1965/66]] ainda ajudou o Sporting a ser Campeão, mas já jogava menos, pelo que resolveu sair iniciando então com 32 anos uma nova fase da sua carreira como treinador-jogador, primeiro no Olhanense e depois no Académico de Viseu.  
+
Na temporada de [[1965/66]] ainda ajudou o Sporting a ser Campeão, mas já jogava menos, pelo que resolveu regressar ao Brasil onde ainda jogou na Portuguesa do Rio de Janeiro.
 +
 
 +
Pouco tempo depois voltou a Portugal, iniciando então com 33 anos uma nova fase da sua carreira como treinador-jogador, primeiro no Académico de Viseu e depois no Olhanense e no Avintes.  
  
 
Mais tarde regressou ao Sporting para treinar os Juniores, e em [[1973/74]] foi treinador adjunto de [[Mário Lino]] numa época memorável, em que o Clube conquistou a "dobradinha", consumada no Jamor com Osvaldo Silva a comandar no banco, depois da inesperada saída do chefe da equipa técnica, em vésperas de uma Final que o Sporting ganhou ao Benfica por 2-1.  
 
Mais tarde regressou ao Sporting para treinar os Juniores, e em [[1973/74]] foi treinador adjunto de [[Mário Lino]] numa época memorável, em que o Clube conquistou a "dobradinha", consumada no Jamor com Osvaldo Silva a comandar no banco, depois da inesperada saída do chefe da equipa técnica, em vésperas de uma Final que o Sporting ganhou ao Benfica por 2-1.  
Linha 104: Linha 118:
  
 
Faleceu a 15 de Agosto de 2002, com 68 anos.  
 
Faleceu a 15 de Agosto de 2002, com 68 anos.  
 
  
 
[[Usuário:To-mane|To-mane]] 10h54min de 1 de Março de 2009 (WET)
 
[[Usuário:To-mane|To-mane]] 10h54min de 1 de Março de 2009 (WET)

Edição atual desde as 23h05min de 30 de junho de 2020

Dados de Osvaldo Silva Osvaldosilva1.jpg OSVsilva.jpg
Nome Osvaldo Silva
Nascimento 13 de Março de 1934
Naturalidade Belo Horizonte - Brasil
Posição Futebolista (médio e avançado)
Treinador (principal, adjunto e formação)
Escalão Época Clube Jogos Golos Titulos Internacionalizações
JUV JUN ESP BB AA Golos
Mineirão 1953 América Mineiro
Mineirão 1954 América Mineiro
Mineirão 1955 América Mineiro
Mineirão 1956 América Mineiro
1ª Divisão 1957/58 FC Porto Taça de Portugal
1ª Divisão 1958/59 FC Porto Campeonato Nacional
1ª Divisão 1959/60 Leixões
1ª Divisão 1960/61 Leixões Taça de Portugal
1ª Divisão 1961/62 Leixões
1ª Divisão 1962/63 SPORTING 42 21 Taça de Portugal
1ª Divisão 1963/64 SPORTING 26 10 Taça das Taças
1ª Divisão 1964/65 SPORTING 37 10
1ª Divisão 1965/66 SPORTING 11 1 Campeonato Nacional
Taça de Honra
Carioca 1967 Portuguesa
2ª Divisão 1967/68 Ac.Viseu
2ª Divisão 1968/69 Ac.Viseu
2ª Divisão 1969/70 Olhanense
2ª Divisão 1970/71 Olhanense
Regionais 1971/72 Avintes
Total = 116 42
Escalão Época Clube Obs. Jogos V E D Titulos
2ª Divisão 1967/68 Ac.Viseu
2ª Divisão 1968/69 Ac. Viseu
2ª Divisão 1969/70 Olhanense
2ª Divisão 1970/71 Olhanense
Regionais 1971/72 Avintes
Juniores 1972/73 SPORTING
1ª Divisão 1973/74 SPORTING Adjunto 1 1 0 0 Campeonato Nacional
Taça de Portugal
1ª Divisão 1974/75 SPORTING 16 7 6 3
Total = 17 8 6 3
Em grande estilo

Osvaldo Silva foi um médio de ataque ou interior como se dizia na altura, embora também fosse capaz de jogar a extremo. Era um jogador cheio de talento e um excelente driblador, muito rápido e explosivo e com grande visão de jogo.

Descoberto por Yustrich, que o conhecera no Brasil, onde despontou no Pompeia FC e brilhou no América Mineiro, Osvaldo Silva chegou a Portugal em 1957 para jogar no FC Porto, mas depois de duas temporadas em que ganhou uma Taça e foi Campeão, acabou por ser dispensado ao Leixões, pagando a factura de ter defendido o técnico austríaco entretanto despedido.

Vingar-se-ia dois anos depois, quando foi às Antas disputar uma Final da Taça de Portugal e marcou um dos golos da vitória com que os homens de Matosinhos surpreenderam o País e fizeram história, derrotando o poderoso FC Porto na sua própria casa.

A 19 de Julho de 1962, já com 28 anos, Osvaldo ingressou no Sporting que pagou 500 contos pelo seu passe e cedeu o avançado Octávio ao Leixões. Em quatro temporadas no Sporting realizou 116 jogos oficiais ao serviço da equipa principal do Clube, nos quais marcou 42 golos, conquistando mais uma Taça de Portugal e outro Campeonato Nacional.

Mas foi em 1964 que ganhou um lugar na história do Sporting Clube de Portugal como um dos heróis da conquista da Taça das Taças, para a qual contribuiu com exibições memoráveis, especialmente no inesquecível jogo em que o Sporting ganhou por 5-0 ao Manchester United com três golos de sua autoria, e no desempate das meias-finais, em que foi dele o golo com que o Sporting derrotou por 1-0 o Lyon, que chegou a oferecer uma fortuna pelo seu passe.

Na temporada de 1965/66 ainda ajudou o Sporting a ser Campeão, mas já jogava menos, pelo que resolveu regressar ao Brasil onde ainda jogou na Portuguesa do Rio de Janeiro.

Pouco tempo depois voltou a Portugal, iniciando então com 33 anos uma nova fase da sua carreira como treinador-jogador, primeiro no Académico de Viseu e depois no Olhanense e no Avintes.

Mais tarde regressou ao Sporting para treinar os Juniores, e em 1973/74 foi treinador adjunto de Mário Lino numa época memorável, em que o Clube conquistou a "dobradinha", consumada no Jamor com Osvaldo Silva a comandar no banco, depois da inesperada saída do chefe da equipa técnica, em vésperas de uma Final que o Sporting ganhou ao Benfica por 2-1.

Na época seguinte, ficou como adjunto de Alfredo Di Stefano, do qual herdou o comando da equipa ainda no início do Campeonato, que não completou sendo substituído por Fernando Riera.

Passou então a treinar os infantis e conquistou vários títulos contribuindo para a formação de grandes atletas, com um jeito muito próprio e bem-disposto de ensinar, que deixou marca em todos os que trabalharam com ele.

Faleceu a 15 de Agosto de 2002, com 68 anos.

To-mane 10h54min de 1 de Março de 2009 (WET)