Skip to main content
(Plantel)
(Classificação)
 
(Há 19 revisões intermédias de 2 utilizadores que não estão a ser apresentadas)
Linha 10: Linha 10:
 
[[Otto Glória]] fez algumas alterações na equipa, lançando [[João Morais]] como defesa direito no lugar de [[Mário Lino]] e recuando [[Fernando Peres]] para a posição de "maestro" do meio campo, enquanto [[Fernando Ferreira Pinto]] passava para o lado direito do ataque e, principalmente formou uma dupla de ataque mostífera com a entrada de [[João Lourenço]] para o lado de [[Ernesto Figueiredo]]. No início da época as lesões de [[Alfredo Moreira]] e [[Fernando Mendes]] deram uma oportunidade a [[Alexandre Baptista]] e [[Dani Silva]], que estes jovens não desperdiçaram, tal como [[Oliveira Duarte]] que se impôs como extremo esquerdo. O guardião [[Carvalho]], o novo Capitão [[José Carlos]] e o consagrado [[Hilário]], acrescentavam a experiência e a solidez sempre necessárias ao sector mais recuado da equipa.
 
[[Otto Glória]] fez algumas alterações na equipa, lançando [[João Morais]] como defesa direito no lugar de [[Mário Lino]] e recuando [[Fernando Peres]] para a posição de "maestro" do meio campo, enquanto [[Fernando Ferreira Pinto]] passava para o lado direito do ataque e, principalmente formou uma dupla de ataque mostífera com a entrada de [[João Lourenço]] para o lado de [[Ernesto Figueiredo]]. No início da época as lesões de [[Alfredo Moreira]] e [[Fernando Mendes]] deram uma oportunidade a [[Alexandre Baptista]] e [[Dani Silva]], que estes jovens não desperdiçaram, tal como [[Oliveira Duarte]] que se impôs como extremo esquerdo. O guardião [[Carvalho]], o novo Capitão [[José Carlos]] e o consagrado [[Hilário]], acrescentavam a experiência e a solidez sempre necessárias ao sector mais recuado da equipa.
  
Foi com esta base que a equipa entrou nos eixos e eliminou os franceses do Bordéus com uma nova goleada em Lisboa, agora por 6-1. Na 2ª eliminatória depois duma vitória por 2-1 em Alvalade sobre o Espanhol, o Sporting chega ao 3-0 em Barcelona, mas estranhamente permite a reviravolta perdendo por 4-3, pelo que teve de se realizar um jogo de desempate, novamente no Sarriá, com a vitoria dos espanhóis por 2-1.
+
Foi com esta base que a equipa entrou nos eixos e eliminou os franceses do Bordéus com uma nova goleada em Lisboa, agora por [[1965-10-06 SPORTING – Bordeaux|6-1]]. Na 2ª eliminatória depois de uma vitória por [[1965-11-10 SPORTING – Espanyol|2-1]] em Alvalade sobre o Espanhol, o Sporting chega ao 3-0 em Barcelona, mas estranhamente permite a reviravolta perdendo por [[1965-11-24 Espanyol – SPORTING|4-3]], pelo que teve de se realizar um jogo de desempate, novamente no Sarriá, com a vitoria a sorrir aos espanhóis por [[1965-12-15 Espanyol – SPORTING|2-1]].
  
O Campeonato que volta a ser disputado ombro a ombro com o Benfica, que procurava igualar o tetra que só o Sporting tinha conseguido, ficou marcado pelo "poker" de [[João Lourenço|Lourenço]] no Estádio da Luz, em jogo que o Sporting ganhou por 4-2, mas na 2ª volta o Benfica vingou-se ganhando por 2-0 em Alvalade, ficando apenas a um ponto dos Leões a sete jornadas do fim.
+
O Campeonato que voltou a ser disputado ombro a ombro com o Benfica, que procurava igualar o tetra que só o Sporting tinha conseguido até aí, ficou marcado pel[[o Poker de Lourenço no Estádio da Luz]], num jogo que o Sporting ganhou por [[1965-10-17 Benfica – SPORTING|4-2]]. Os Leões chegaram a ter 4 pontos de vantagem sobre o Benfica, mas na 2ª volta os encarnados vingaram-se ganhando por [[1966-02-13 SPORTING – Benfica|2-0]] em Alvalade, ficando assim a apenas a um ponto do Sporting, a sete jornadas do fim.
  
Dois empates cedidos frente ao Belenenses e Braga mudaram a liderança do campeonato, que o Sporting recuperaria mercê de uma derrota do Benfica em Guimarães, para não mais a largar, apesar dos chorudos prémios oferecidos pelos seus rivais a FC Porto e Varzim, adversários dos Leões nas duas últimas jornadas deste campeonato, que terminaria com o Sporting a sagrar-se novamente Campeão.
+
Dois empates cedidos em Braga e no Restelo mudaram a liderança do campeonato, que o Sporting recuperaria mercê de uma derrota do Benfica em Guimarães, para não mais a largar, apesar dos chorudos prémios oferecidos pelos seus rivais a FC Porto e Varzim, adversários dos Leões nas duas últimas jornadas deste campeonato, que terminaria com [[1966 - Campeões na Póvoa|o Sporting a sagrar-se novamente Campeão]].
  
Na Taça de Portugal o Sporting começou por eliminar o Leça, o Vitória de Guimarães e a CUF, para nos quartos de final defrontar o FC Porto, numa eliminatória que começou com uma vitória por 1-0 para cada lado, e quando o Sporting ganhou o jogo de desempate em Coimbra por 2-0, já sabia que o Benfica tinha sido afastado pelo Sp. Braga, passando assim a ser o grande favorito à conquista da prova.
+
Na Taça de Portugal o Sporting começou por eliminar o Leça, o Vitória de Guimarães e a CUF, para nos quartos de final defrontar o FC Porto, numa eliminatória que depois de uma vitória por 1-0 para cada lado, teve um jogo de desempate disputado em Coimbra e quando o Sporting ganhou por [[1966-04-19 SPORTING – F.C. Porto|2-0]], já sabia que o Benfica tinha sido afastado pelo Sp. Braga, passando assim a ser o grande favorito à conquista da prova.
  
Já ostentando o titulo de Campeão Nacional, o Sporting foi empatar a Braga, e a Final parecia garantida, mas em Alvalade um novo empate obrigou a um terceiro jogo disputado no Restelo, onde a vitória a sorriu aos bracarenses, que ganhariam essa Final ao Vitória de Setúbal.
+
Já ostentando o titulo de Campeão Nacional, o Sporting foi empatar a Braga, e a Final parecia garantida, mas em Alvalade um novo empate obrigou a um terceiro jogo disputado no Restelo, onde a vitória a sorriu aos bracarenses, que ganhariam essa Final frente ao Vitória de Setúbal.
  
Em ano de Mundial com o Sporting a fornecer oito jogadores à Selecção que esteve em Inglaterra, a época terminou sem os habituais jogos internacionais, mas com mais uma saída atribulada de [[Otto Glória]] que prometeu que "no Sporting nunca mais".
+
Nesta temporada a Selecção Nacional realizou 8 jogos oficiais e 5 particulares. [[Hilário]] marcou presença em 11, sendo totalista na fase final do Campeonato do Mundo onde foi considerado o melhor defesa esquerdo da competição; [[José Carlos]] e [[Alexandre Baptista]] fizeram 7 jogos, enquanto [[Carvalho]] e [[João Morais]] somaram 6 presenças e todos eles estiveram no Mundial; [[Peres]] e [[Figueiredo]] participaram em 2 jogos de preparação, mas não foram utilizados em Inglaterra, onde [[Oliveira Duarte]] também marcou presença sem ter jogado.
 +
 
 +
Em ano de Mundial com o Sporting a fornecer oito jogadores à Selecção que esteve em Inglaterra e dois à Selecção B, a época terminou sem os habituais jogos internacionais, mas com mais uma saída atribulada de [[Otto Glória]] que prometeu que "no Sporting nunca mais". Com ele também saiu [[Juca]] que foi treinar o Vit. Guimarães.
  
 
[[Usuário:To-mane|To-mane]] 10h58min de 26 de Agosto de 2008 (UTC)
 
[[Usuário:To-mane|To-mane]] 10h58min de 26 de Agosto de 2008 (UTC)
Linha 41: Linha 43:
 
| [[Anselmo Fernandez]]||Orientador Técnico||6||4||2||0||Até 29-09-1965
 
| [[Anselmo Fernandez]]||Orientador Técnico||6||4||2||0||Até 29-09-1965
 
|-
 
|-
| [[Otto Glória]]||Orientador Técnico||37||24||7||6||Desde 30-09-1965
+
| [[Otto Glória]]||Secretário Técnico||37||24||7||6||Desde 30-09-1965
 
|-
 
|-
 
| [[Juca]]||Treinador de Campo||43||28||9||6||
 
| [[Juca]]||Treinador de Campo||43||28||9||6||
Linha 70: Linha 72:
 
|-
 
|-
 
| [[Alexandre Baptista]]||Central||||||21||0||9||0||0||0||5||0||35||0
 
| [[Alexandre Baptista]]||Central||||||21||0||9||0||0||0||5||0||35||0
|-
 
| [[Francisco Caló|Caló]]||Central||||||6||0||1||0||0||0||0||0||7||0
 
 
|-
 
|-
 
| [[José Carlos]]||Central||||||25||0||6||0||1||0||5||0||37||0
 
| [[José Carlos]]||Central||||||25||0||6||0||1||0||5||0||37||0
 +
|-
 +
| [[Francisco Caló|Caló]]||Central||||||6||0||1||0||0||0||0||0||7||0
 
|-
 
|-
 
| [[Alfredo Moreira]]||Central||||||0||0||0||0||2||0||0||0||2||0
 
| [[Alfredo Moreira]]||Central||||||0||0||0||0||2||0||0||0||2||0
|-
 
| [[Armando Manhiça]]||Central||||||0||0||0||0||0||0||0||0||0||0
 
 
|-
 
|-
 
| [[Hilário Conceição|Hilário]]||Lateral esquerdo||||||26||0||10||0||2||0||5||0||43||0
 
| [[Hilário Conceição|Hilário]]||Lateral esquerdo||||||26||0||10||0||2||0||5||0||43||0
 
|-
 
|-
 
| [[Dani Silva|Dani]]||Médio||||||19||1||8||0||2||0||3||0||32||1
 
| [[Dani Silva|Dani]]||Médio||||||19||1||8||0||2||0||3||0||32||1
 +
|-
 +
| [[Fernando Peres]]||Médio||||||26||11||9||0||2||1||5||2||42||14
 
|-
 
|-
 
| [[Carlos Barão|Barão]]||Médio||||||3||1||1||0||0||0||0||0||4||1
 
| [[Carlos Barão|Barão]]||Médio||||||3||1||1||0||0||0||0||0||4||1
Linha 89: Linha 91:
 
| [[Fernando Mendes]]||Médio||||||0||0||1||0||0||0||0||0||1||0
 
| [[Fernando Mendes]]||Médio||||||0||0||1||0||0||0||0||0||1||0
 
|-
 
|-
| [[João Carlos]]||Médio||||||0||0||0||0||0||0||0||0||0||0
+
| [[Fernando Colorado|Colorado]]||Médio||||||0||0||1||0||0||0||0||0||1||0
 
|-
 
|-
| [[Fernando Peres]]||Avançado||||||26||11||9||0||2||1||5||2||42||14
+
| [[Fernando Ferreira Pinto|Ferreira Pinto]]||Extremo/Médio||||||21||2||5||2||1||1||5||1||32||6
 
|-
 
|-
| [[Fernando Ferreira Pinto|Ferreira Pinto]]||Avançado||||||21||2||5||2||1||1||5||1||32||6
+
| [[Oliveira Duarte]]||Extremo||||||21||4||8||1||1||0||5||4||35||9
 +
|-
 +
| [[Lourenço Sitoe|Sitoe]]||Extremo||||||4||0||1||0||0||0||1||0||6||0
 +
|-
 +
| [[Rodolfo Seminário|Seminário]]||Extremo||||||1||0||1||0||1||1||0||0||3||1
 
|-
 
|-
 
| [[João Lourenço|Lourenço]]||Avançado||||||18||20||7||4||2||0||4||5||31||29
 
| [[João Lourenço|Lourenço]]||Avançado||||||18||20||7||4||2||0||4||5||31||29
Linha 99: Linha 105:
 
| [[Ernesto Figueiredo|Figueiredo]]||Avançado||||||26||26||10||3||0||0||5||3||41||32
 
| [[Ernesto Figueiredo|Figueiredo]]||Avançado||||||26||26||10||3||0||0||5||3||41||32
 
|-
 
|-
| [[Oliveira Duarte]]||Extremo esquerdo||||||21||4||8||1||1||0||5||4||35||9
+
| [[Carlitos]]||Avançado/Extremo||||||6||0||7||0||2||0||0||0||15||0
|-
+
| [[Lourenço Sitoe|Sitoe]]||Extremo esquerdo||||||4||0||1||0||0||0||1||0||6||0
+
 
|-
 
|-
 
| [[Osvaldo Silva]]||Avançado||||||7||1||0||0||2||1||2||0||11||2
 
| [[Osvaldo Silva]]||Avançado||||||7||1||0||0||2||1||2||0||11||2
|-
 
| [[Carlitos]]||Avançado||||||6||0||7||0||2||0||0||0||15||0
 
|-
 
| [[Rodolfo Seminário|Seminário]]||Avançado||||||1||0||1||0||1||1||0||0||3||1
 
 
|-
 
|-
 
| [[Carlos Teixeira]]||Avançado||||||1||0||2||0||0||0||0||0||3||0
 
| [[Carlos Teixeira]]||Avançado||||||1||0||2||0||0||0||0||0||3||0
|-
 
| [[Fernando Colorado|Colorado]]||Avançado||||||0||0||1||0||0||0||0||0||1||0
 
 
|-
 
|-
 
|}
 
|}
Linha 181: Linha 179:
  
 
====Classificação====
 
====Classificação====
{| class="wikitable" width=100% style="text-align:center"
+
{{Classificação}}
|-
+
| align="center" style="background:#f0f0f0;"|
+
| align="center" style="background:#f0f0f0;"|'''Clube'''
+
| align="center" style="background:#f0f0f0;"|'''J'''
+
| align="center" style="background:#f0f0f0;"|'''V'''
+
| align="center" style="background:#f0f0f0;"|'''E'''
+
| align="center" style="background:#f0f0f0;"|'''D'''
+
| align="center" style="background:#f0f0f0;"|'''GM - GS'''
+
| align="center" style="background:#f0f0f0;"|'''P'''
+
 
|- style="background:#CFEF77;"
 
|- style="background:#CFEF77;"
| <section begin=classif_liga />1<section end=classif_liga />.||[[Sporting Clube de Portugal|'''SPORTING''']]||26||18||6||2||70 - 21||42
+
| '''1º'''||[[Sporting Clube de Portugal|'''SPORTING''']]||'''26'''||'''18'''||'''6'''||'''2'''||'''70-21'''||'''42'''
 +
|-
 +
| 2º||SL Benfica||26||18||5||3||73-30||41
 +
|-
 +
| 3º||FC Porto||26||14||6||6||41-25||34
 +
|-
 +
|4º||V. Guimarães||26||14||5||7||58-47||33
 +
|-
 +
|5º||V. Setúbal||26||11||7||8||51-36||29
 +
|-
 +
|6º||Académica||26||9||8||9||58-48||26
 +
|-
 +
|7º||Belenenses||26||9||7||10||28-29||25
 +
|-
 +
|8º||Varzim||26||9||7||10||40-38||25
 +
|-
 +
|9º||CUF||26||8||8||10||37-46||24
 +
|-
 +
|10º||SC Braga||26||7||7||12||39-64||21
 +
|-
 +
|11º||Beira-Mar||26||6||6||14||31-65||18
 +
|-
 +
|12º||Leixões||26||7||4||15||28-39||18
 +
|-
 +
|13º||Lusitano de Évora||26||4||6||16||27-60||14
 
|-
 
|-
| 2.||Benfica||26||18||5||3||73 - 30||41
+
|14º||Barreirense||26||5||4||17||32-65||14
 
|-
 
|-
| 3.||FC Porto||26||14||6||6||41 - 25||34
 
 
|}
 
|}
 
<small>''Pontuação: 2 pontos por vitória, 1 por empate, 0 por derrota''</small>
 
<small>''Pontuação: 2 pontos por vitória, 1 por empate, 0 por derrota''</small>
Linha 206: Linha 218:
 
|08-12-1965||2ª Eliminatória||V. Guimarães – SPORTING||1 – 3||[[1965-12-08 V. Guimarães – SPORTING|Ficha]]
 
|08-12-1965||2ª Eliminatória||V. Guimarães – SPORTING||1 – 3||[[1965-12-08 V. Guimarães – SPORTING|Ficha]]
 
|-
 
|-
|13-03-1966||Oitavos de Final||SPORTING – C.U.F.||1 – 0||[[1966-03-13 SPORTING – C.U.F.|Ficha]]
+
|13-03-1966||1/8 Final||SPORTING – C.U.F.||1 – 0||[[1966-03-13 SPORTING – C.U.F.|Ficha]]
 
|-
 
|-
|20-03-1966||Oitavos de Final||C.U.F. – SPORTING||1 – 1||[[1966-03-20 C.U.F. – SPORTING|Ficha]]
+
|20-03-1966||1/8 Final||C.U.F. – SPORTING||1 – 1||[[1966-03-20 C.U.F. – SPORTING|Ficha]]
 
|-
 
|-
|10-04-1966||Quartos de Final||SPORTING – F.C. Porto||1 – 0||[[1966-04-10 SPORTING – F.C. Porto|Ficha]]
+
|10-04-1966||1/4 Final||SPORTING – F.C. Porto||1 – 0||[[1966-04-10 SPORTING – F.C. Porto|Ficha]]
 
|-
 
|-
|17-04-1966||Quartos de Final||F.C. Porto – SPORTING||1 – 0||[[1966-04-17 F.C. Porto – SPORTING|Ficha]]
+
|17-04-1966||1/4 Final||F.C. Porto – SPORTING||1 – 0||[[1966-04-17 F.C. Porto – SPORTING|Ficha]]
 
|-
 
|-
|19-04-1966||Quartos de Final||SPORTING – F.C. Porto||2 – 0||[[1966-04-19 SPORTING – F.C. Porto|Ficha]]
+
|19-04-1966||1/4 Final||SPORTING – F.C. Porto||2 – 0||[[1966-04-19 SPORTING – F.C. Porto|Ficha]]
 
|-
 
|-
|08-05-1966||Meias Finais||Sp. Braga – SPORTING||1 – 1||[[1966-05-08 Sp. Braga – SPORTING|Ficha]]
+
|08-05-1966||1/2 Final||Sp. Braga – SPORTING||1 – 1||[[1966-05-08 Sp. Braga – SPORTING|Ficha]]
 
|-
 
|-
|15-05-1966||Meias Finais||SPORTING – Sp. Braga||1 – 1||[[1966-05-15 SPORTING – Sp. Braga|Ficha]]
+
|15-05-1966||1/2 Final||SPORTING – Sp. Braga||1 – 1||[[1966-05-15 SPORTING – Sp. Braga|Ficha]]
 
|-
 
|-
|17-05-1966||Meias Finais||Sp. Braga – SPORTING||1 – 0||[[1966-05-17 Sp. Braga – SPORTING|Ficha]]
+
|17-05-1966||1/2 Final||Sp. Braga – SPORTING||1 – 0||[[1966-05-17 Sp. Braga – SPORTING|Ficha]]
 
|-
 
|-
 
|}
 
|}
Linha 240: Linha 252:
 
===Taça de Honra===
 
===Taça de Honra===
 
{{Competição (jogos)}}
 
{{Competição (jogos)}}
|01-09-1965||Meia-final||Torreense – SPORTING|| 1 – 2||[[1965-09-01 Torreense – SPORTING|Ficha]]
+
|01-09-1965||1/2 Final||Torreense – SPORTING|| 1 – 2||[[1965-09-01 Torreense – SPORTING|Ficha]]
 
|-
 
|-
 
|05-09-1965||Final||Benfica – SPORTING|| 1 – 2 (a.p.)||[[1965-09-05 Benfica – SPORTING|Ficha]]
 
|05-09-1965||Final||Benfica – SPORTING|| 1 – 2 (a.p.)||[[1965-09-05 Benfica – SPORTING|Ficha]]
Linha 258: Linha 270:
 
|30-10-1965||Amigável||SPORTING – Cova da Piedade|| 5 – 1||[[1965-10-30 SPORTING – Cova da Piedade|Ficha]]
 
|30-10-1965||Amigável||SPORTING – Cova da Piedade|| 5 – 1||[[1965-10-30 SPORTING – Cova da Piedade|Ficha]]
 
|-
 
|-
|19-06-1966||Amigável||Ferroviário – SPORTING|| 0 – 5||[[1965-06-24 Ferroviário – SPORTING|Ficha]]
+
|}
 +
 
 +
{| class="wikitable collapsible" width=100%
 +
|-
 +
! style="background:#E1EFC2;"|'''Resumo da Época'''
 +
|}
 +
{| class="wikitable" width=100% style="text-align:center"
 +
|-style="background:#E1EFC2;"
 +
| width= 20%|[https://www.wikisporting.com/index.php?title=1965/66#Ta.C3.A7a_das_Cidades_com_Feira '''Taça das Cidades com Feira''']
 +
| width= 20%|[https://www.wikisporting.com/index.php?title=1965/66#Campeonato_Nacional '''Campeonato Nacional''']
 +
| width= 20%|[https://www.wikisporting.com/index.php?title=1965/66#Ta.C3.A7a_de_Portugal '''Taça de Portugal''']
 +
| width= 20%|[https://www.wikisporting.com/index.php?title=1965/66#Ta.C3.A7a_de_Honra '''Taça de Honra''']
 +
| width= 20%|'''[[Reservas 1965/66|Campeonato Regional - Reservas]]'''
 +
|-
 +
| 2ª Eliminatória||'''Campeão'''||1/2 Final||'''Vencedor'''||Finalista
 
|-
 
|-
 
|}
 
|}
Linha 267: Linha 293:
  
 
*[[O Poker de Lourenço no Estádio da Luz]]
 
*[[O Poker de Lourenço no Estádio da Luz]]
 +
 +
*[[1966 - Campeões na Póvoa]]
  
 
==Outros links de interesse==  
 
==Outros links de interesse==  

Edição atual desde as 14h53min de 12 de junho de 2021

Campeões com Glória

65-66.jpg

Com Anselmo Fernandez de regresso ao comando da equipa auxiliado por Juca, a temporada começou de uma forma algo irregular, e depois de mais uma vitória na Taça de Honra e da estreia auspiciosa do Sporting na Taça da Cidades com Feiras, ganhando por 4-0 em França ao Bordéus, veio o segundo empate seguido em Alvalade para o Campeonato, pelo que o arquiteto apresentou a sua demissão do cargo de Secretário Técnico.

De imediato foi contratado Otto Glória que continuou a fazer dupla com Juca, que tinha acabado de ser Campeão nos Juniores, com uma fornada que viria a dar alguns jogadores para a equipa principal, que se juntaram aos reforços dessa temporada: Fernando Peres vindo do Belenenses e Oliveira Duarte da Académica que pegaram de estaca e o peruano Rodolfo Seminário que não tinha a qualidade do seu irmão. Em contrapartida Jean Pierre Serra regressou a França e foi feita uma verdadeira limpeza no que diz respeito aos jogadores menos utilizados, entre os quais se encontravam nomes relevantes como António Morato e Mascarenhas.

Otto Glória fez algumas alterações na equipa, lançando João Morais como defesa direito no lugar de Mário Lino e recuando Fernando Peres para a posição de "maestro" do meio campo, enquanto Fernando Ferreira Pinto passava para o lado direito do ataque e, principalmente formou uma dupla de ataque mostífera com a entrada de João Lourenço para o lado de Ernesto Figueiredo. No início da época as lesões de Alfredo Moreira e Fernando Mendes deram uma oportunidade a Alexandre Baptista e Dani Silva, que estes jovens não desperdiçaram, tal como Oliveira Duarte que se impôs como extremo esquerdo. O guardião Carvalho, o novo Capitão José Carlos e o consagrado Hilário, acrescentavam a experiência e a solidez sempre necessárias ao sector mais recuado da equipa.

Foi com esta base que a equipa entrou nos eixos e eliminou os franceses do Bordéus com uma nova goleada em Lisboa, agora por 6-1. Na 2ª eliminatória depois de uma vitória por 2-1 em Alvalade sobre o Espanhol, o Sporting chega ao 3-0 em Barcelona, mas estranhamente permite a reviravolta perdendo por 4-3, pelo que teve de se realizar um jogo de desempate, novamente no Sarriá, com a vitoria a sorrir aos espanhóis por 2-1.

O Campeonato que voltou a ser disputado ombro a ombro com o Benfica, que procurava igualar o tetra que só o Sporting tinha conseguido até aí, ficou marcado pelo Poker de Lourenço no Estádio da Luz, num jogo que o Sporting ganhou por 4-2. Os Leões chegaram a ter 4 pontos de vantagem sobre o Benfica, mas na 2ª volta os encarnados vingaram-se ganhando por 2-0 em Alvalade, ficando assim a apenas a um ponto do Sporting, a sete jornadas do fim.

Dois empates cedidos em Braga e no Restelo mudaram a liderança do campeonato, que o Sporting recuperaria mercê de uma derrota do Benfica em Guimarães, para não mais a largar, apesar dos chorudos prémios oferecidos pelos seus rivais a FC Porto e Varzim, adversários dos Leões nas duas últimas jornadas deste campeonato, que terminaria com o Sporting a sagrar-se novamente Campeão.

Na Taça de Portugal o Sporting começou por eliminar o Leça, o Vitória de Guimarães e a CUF, para nos quartos de final defrontar o FC Porto, numa eliminatória que depois de uma vitória por 1-0 para cada lado, teve um jogo de desempate disputado em Coimbra e quando o Sporting ganhou por 2-0, já sabia que o Benfica tinha sido afastado pelo Sp. Braga, passando assim a ser o grande favorito à conquista da prova.

Já ostentando o titulo de Campeão Nacional, o Sporting foi empatar a Braga, e a Final parecia garantida, mas em Alvalade um novo empate obrigou a um terceiro jogo disputado no Restelo, onde a vitória a sorriu aos bracarenses, que ganhariam essa Final frente ao Vitória de Setúbal.

Nesta temporada a Selecção Nacional realizou 8 jogos oficiais e 5 particulares. Hilário marcou presença em 11, sendo totalista na fase final do Campeonato do Mundo onde foi considerado o melhor defesa esquerdo da competição; José Carlos e Alexandre Baptista fizeram 7 jogos, enquanto Carvalho e João Morais somaram 6 presenças e todos eles estiveram no Mundial; Peres e Figueiredo participaram em 2 jogos de preparação, mas não foram utilizados em Inglaterra, onde Oliveira Duarte também marcou presença sem ter jogado.

Em ano de Mundial com o Sporting a fornecer oito jogadores à Selecção que esteve em Inglaterra e dois à Selecção B, a época terminou sem os habituais jogos internacionais, mas com mais uma saída atribulada de Otto Glória que prometeu que "no Sporting nunca mais". Com ele também saiu Juca que foi treinar o Vit. Guimarães.

To-mane 10h58min de 26 de Agosto de 2008 (UTC)

Figuras

Secção de Futebol

Nome Cargo Jogos V E D Observações
Abraham Sorin Director
Anselmo Fernandez Orientador Técnico 6 4 2 0 Até 29-09-1965
Otto Glória Secretário Técnico 37 24 7 6 Desde 30-09-1965
Juca Treinador de Campo 43 28 9 6
Reis Pinto Preparador Físico

Plantel

Jogador Posição Obs. CN TP TH TCF Total
J G J G J G J G J G
Carvalho Guarda-redes 26 -21 10 -6 2 -2 5 -8 43 -37
Barroca Guarda-redes 1 0 0 0 0 0 0 0 1 0
João Morais Lateral direito 23 4 10 1 0 0 4 0 37 5
Mário Lino Lateral direito 3 0 0 0 2 0 1 0 6 0
Alexandre Baptista Central 21 0 9 0 0 0 5 0 35 0
José Carlos Central 25 0 6 0 1 0 5 0 37 0
Caló Central 6 0 1 0 0 0 0 0 7 0
Alfredo Moreira Central 0 0 0 0 2 0 0 0 2 0
Hilário Lateral esquerdo 26 0 10 0 2 0 5 0 43 0
Dani Médio 19 1 8 0 2 0 3 0 32 1
Fernando Peres Médio 26 11 9 0 2 1 5 2 42 14
Barão Médio 3 1 1 0 0 0 0 0 4 1
Pedro Gomes Médio 3 0 3 0 0 0 0 0 6 0
Fernando Mendes Médio 0 0 1 0 0 0 0 0 1 0
Colorado Médio 0 0 1 0 0 0 0 0 1 0
Ferreira Pinto Extremo/Médio 21 2 5 2 1 1 5 1 32 6
Oliveira Duarte Extremo 21 4 8 1 1 0 5 4 35 9
Sitoe Extremo 4 0 1 0 0 0 1 0 6 0
Seminário Extremo 1 0 1 0 1 1 0 0 3 1
Lourenço Avançado 18 20 7 4 2 0 4 5 31 29
Figueiredo Avançado 26 26 10 3 0 0 5 3 41 32
Carlitos Avançado/Extremo 6 0 7 0 2 0 0 0 15 0
Osvaldo Silva Avançado 7 1 0 0 2 1 2 0 11 2
Carlos Teixeira Avançado 1 0 2 0 0 0 0 0 3 0
  • Há 1 autogolo

Legenda
Competição: CN=Campeonato Nacional, TP=Taça de Portugal, TH=Taça de Honra TCF=Taça das Cidades com Feira

Jogos

Campeonato Nacional

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
12-09-1965 1ª Jornada Lusitano de Évora – SPORTING 2 – 5 Ficha
18-09-1965 2ª Jornada SPORTING – V. Guimarães 1 – 1 Ficha
26-09-1965 3ª Jornada SPORTING – Beira Mar 1 – 1 Ficha
03-10-1965 4ª Jornada Barreirense – SPORTING 1 – 3 Ficha
10-10-1965 5ª Jornada SPORTING – Leixões 4 – 0 Ficha
17-10-1965 6ª Jornada Benfica – SPORTING 2 – 4 Ficha
14-11-1965 7ª Jornada SPORTING – Sp. Braga 5 – 0 Ficha
28-11-1965 8ª Jornada V. Setúbal – SPORTING 1 – 2 Ficha
05-12-1965 9ª Jornada SPORTING – Belenenses 3 – 0 Ficha
11-12-1965 10ª Jornada Académica – SPORTING 1 – 2 Ficha
19-12-1965 11ª Jornada SPORTING – C.U.F. 4 – 1 Ficha
26-12-1965 12ª Jornada F.C. Porto – SPORTING 1 – 1 Ficha
02-01-1966 13ª Jornada SPORTING – Varzim 4 – 0 Ficha
09-01-1966 14ª Jornada SPORTING – Lusitano de Évora 5 – 0 Ficha
16-01-1966 15ª Jornada V. Guimarães – SPORTING 3 – 2 Ficha
23-01-1966 16ª Jornada Beira Mar – SPORTING 1 – 4 Ficha
30-01-1966 17ª Jornada SPORTING – Barreirense 3 – 0 Ficha
06-02-1966 18ª Jornada Leixões – SPORTING 0 – 1 Ficha
13-02-1966 19ª Jornada SPORTING – Benfica 0 – 2 Ficha
20-02-1966 20ª Jornada Sp. Braga – SPORTING 0 – 0 Ficha
27-02-1966 21ª Jornada SPORTING – V. Setúbal 4 – 0 Ficha
06-03-1966 22ª Jornada Belenenses – SPORTING 1 – 1 Ficha
27-03-1966 23ª Jornada SPORTING – Académica 5 – 2 Ficha
03-04-1966 24ª Jornada C.U.F. – SPORTING 0 – 0 Ficha
24-04-1966 25ª Jornada SPORTING – F.C. Porto 4 – 0 Ficha
01-05-1966 26ª Jornada Varzim – SPORTING 1 – 2 Ficha

Classificação

Class. Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas Golos Pontos
SPORTING 26 18 6 2 70-21 42
SL Benfica 26 18 5 3 73-30 41
FC Porto 26 14 6 6 41-25 34
V. Guimarães 26 14 5 7 58-47 33
V. Setúbal 26 11 7 8 51-36 29
Académica 26 9 8 9 58-48 26
Belenenses 26 9 7 10 28-29 25
Varzim 26 9 7 10 40-38 25
CUF 26 8 8 10 37-46 24
10º SC Braga 26 7 7 12 39-64 21
11º Beira-Mar 26 6 6 14 31-65 18
12º Leixões 26 7 4 15 28-39 18
13º Lusitano de Évora 26 4 6 16 27-60 14
14º Barreirense 26 5 4 17 32-65 14

Pontuação: 2 pontos por vitória, 1 por empate, 0 por derrota

Taça de Portugal

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
07-11-1965 1ª Eliminatória Leça – SPORTING 0 – 1 Ficha
08-12-1965 2ª Eliminatória V. Guimarães – SPORTING 1 – 3 Ficha
13-03-1966 1/8 Final SPORTING – C.U.F. 1 – 0 Ficha
20-03-1966 1/8 Final C.U.F. – SPORTING 1 – 1 Ficha
10-04-1966 1/4 Final SPORTING – F.C. Porto 1 – 0 Ficha
17-04-1966 1/4 Final F.C. Porto – SPORTING 1 – 0 Ficha
19-04-1966 1/4 Final SPORTING – F.C. Porto 2 – 0 Ficha
08-05-1966 1/2 Final Sp. Braga – SPORTING 1 – 1 Ficha
15-05-1966 1/2 Final SPORTING – Sp. Braga 1 – 1 Ficha
17-05-1966 1/2 Final Sp. Braga – SPORTING 1 – 0 Ficha

Taça das Cidades com Feira

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
22-09-1965 1ª Eliminatória Bordeaux (França) – SPORTING 0 – 4 Ficha
06-10-1965 1ª Eliminatória SPORTING – Bordeaux (França) 6 – 1 Ficha
10-11-1965 2ª Eliminatória SPORTING – Espanyol (Espanha) 2 – 1 Ficha
24-11-1965 2ª Eliminatória Espanyol (Espanha) – SPORTING 4 – 3 Ficha
15-12-1965 2ª Eliminatória Espanyol (Espanha) – SPORTING 2 – 1 Ficha

Taça de Honra

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
01-09-1965 1/2 Final Torreense – SPORTING 1 – 2 Ficha
05-09-1965 Final Benfica – SPORTING 1 – 2 (a.p.) Ficha

Outros Jogos

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
21-08-1965 Amigável SPORTING – Barreirense 3 – 0 Ficha
25-08-1965 Torneio Quadrangular Salamanca – SPORTING 1 – 0 Ficha
28-08-1965 Torneio Quadrangular SPORTING – Córdova 2 – 1 Ficha
24-10-1965 Festa do Palma CUF – SPORTING 1 – 4 Ficha
30-10-1965 Amigável SPORTING – Cova da Piedade 5 – 1 Ficha
Resumo da Época
Taça das Cidades com Feira Campeonato Nacional Taça de Portugal Taça de Honra Campeonato Regional - Reservas
2ª Eliminatória Campeão 1/2 Final Vencedor Finalista

Ver também

Outros links de interesse