Skip to main content
 
Linha 298: Linha 298:
 
| width= 33%|[https://www.wikisporting.com/index.php?title=1943/44#Campeonato_Nacional '''Campeonato Nacional''']
 
| width= 33%|[https://www.wikisporting.com/index.php?title=1943/44#Campeonato_Nacional '''Campeonato Nacional''']
 
| width= 33%|[https://www.wikisporting.com/index.php?title=1943/44#Ta.C3.A7a_de_Portugal '''Taça de Portugal''']
 
| width= 33%|[https://www.wikisporting.com/index.php?title=1943/44#Ta.C3.A7a_de_Portugal '''Taça de Portugal''']
| width= 33%|[http://www.forumscp.com/wiki/index.php?title=1943/44#Ta.C3.A7a_Imp.C3.A9rio '''Taça Império''']
+
| width= 33%|[http://www.wikisporting.com/index.php?title=1943/44#Ta.C3.A7a_Imp.C3.A9rio '''Taça Império''']
 
|-
 
|-
 
| '''Campeão'''||1ª eliminatória||'''Vencedor'''
 
| '''Campeão'''||1ª eliminatória||'''Vencedor'''

Edição atual desde as 19h13min de 14 de fevereiro de 2020

Outra vez Campeões e a Taça Império

43-44.JPG

Depois dos resultados menos conseguidos da época anterior, impunha-se a renovação, que de resto já tinha começado com as alterações anteriormente introduzidas por Joseph Szabo, principalmente na defesa e no meio campo, onde Aníbal Paciência perdera o seu lugar, enquanto Manecas passara para defesa esquerdo e Canário recuara para a posição de médio direito. No ataque Soeiro, Pireza e Mourão caminhavam para o fim das suas carreiras, enquanto Armando Ferreira se dedicava mais aos seus estudos de que ao Futebol.

Assim que o Sporting comprou por 20 contos o passe do extremo esquerdo Albano, que veio do Seixal, tal como o seu irmão Narciso. Do Académico do Porto chegou o médio Eliseu, enquanto do Barreirense veio Gomes da Costa, havendo ainda a registar as entradas de António Marques e Virgolino. Mais tarde já a época decorria, Joseph Szabo descobriu Jesus Correia no Paço de Arcos. A célebre linha avançada que ficou conhecida como os Cinco Violinos, começava a tomar forma.

Ao contrário do que era costume, no inicio desta temporada não se disputou o Torneio de Abertura, pelo que não houve muito tempo para preparar a equipa e o Campeonato de Lisboa começou com um desaire frente ao Belenenses, num jogo onde o Sporting se considerou prejudicado pela arbitragem. Pior do que a derrota foram os castigos aplicados aos jogadores leoninos que se envolveram numa zaragata no final desse jogo: 60 dias de suspenção para Octávio Barrosa, 45 dias para Daniel e 30 dias para Azevedo, que deixaram o Sporting sem três titulares.

Assim Joseph Szabo que já procedera a uma alteração na equipa, dando o lugar de extremo esquerdo a Albano, enquanto João Cruz passava para a direita, rendendo Mourão que resolvera retirar-se, foi obrigado a recorrer a novos jogadores como Eliseu, António Marques e Virgolino, embora para o sector mais recuado da equipa tivesse Dores e Álvaro Cardoso, dois jogadores que lhe davam boas garantias.

Com tantas mexidas, o Sporting cedo ficou afastado da corrida, até porque o Belenenses sob a orientação do seu novo treinador Alexandre Peics, fez uma prova irrepreensível, somando 9 vitórias consecutivas que lhe garantiram o título de Campeão de Lisboa, mesmo antes da última jornada, onde perdeu com o Benfica, enquanto o Sporting teve de contentar-se com o 3º lugar.

Mas no Campeonato Nacional o Sporting acertou o passo, ganhando a competição com a maior diferença de pontos até então registada, 5 de avanço sobre o Benfica, o que não significa que a prova tenha sido um passeio.

Com os castigados de volta, Joseph Szabo passou a ter mais opções, até porque alguns dos novos jogadores tinham-se revelado excelentes reforços e para além disso Adolfo Mourão que já tinha feito a sua festa de despedida, não resistiu aos apelos para regressar e reocupou o seu lugar de extremo direito.

Szabo optou por não mexer na defesa que tinha utilizado no Regional, isto apesar do regresso de Octávio Barrosa, que passou a jogar no meio campo, o único sector onde o húngaro demorou a encontrar uma linha estável, pois no ataque com o regresso de Mourão, João Cruz passou para a posição de interior ao lado de António Marques, que tal como o estremo esquerdo Albano, mostrou ser um bom reforço, completando a linha avançada liderada por Peyroteo.

A equipa levou algum tempo a estabilizar, mas começou por empatar nas Salésias, mostrando logo aí alguns progressos e, à 4ª jornada já estava no grupo que liderava a classificação, posição que manteve até ter sofrido a sua única derrota no "derby" frente ao Benfica, um resultado que deixou o Belenenses isolado na frente.

A reviravolta definitiva aconteceu na 10ª jornada, quando o Sporting goleou o Belenenses, ficando isolado na liderança, arrancando aí para uma 2ª volta quase perfeita.

A duas rondas do fim do Campeonato, o Sporting continuava a liderar com mais um ponto do que o Benfica, que teimava em não descolar, pelo que o jogo da 17ª jornada era decisivo. Uma vitória garantia o título aos Leões, mas o empate também poderia ser suficiente e só a derrota deixaria o Benfica em vantagem para a última jornada.

No dia 19 de Março de 1944, o Sporting recebeu o Benfica no Estádio do Lumiar e ganhou por 1-0, conquistando assim o seu 2º Campeonato Nacional de Futebol, com um golo do inevitável Peyroteo, que desta vez foi o segundo melhor marcador da competição, com 24 golos apontados, menos 4 do que Rodrigues do Vitória de Setúbal.

A Taça de Portugal voltou a disputar-se com eliminatórias de duas mãos e desta vez o Sporting caiu logo na primeira, mercê de uma derrota no Porto por 2-0, num jogo onde o Sporting se apresentou sem alguns titulares. Depois no Estádio do Lumiar, os Leões estiveram perto conseguir a reviravolta, quando chegaram aos 3-1, mas no fim o FC Porto chegou ao empate.

Eliminados da Taça, não faltaram aos Campeões Nacionais convites para jogar na província e assim o Sporting deslocou-se a Braga, Alcobaça, Marinha Grande, Caldas da Rainha, Viseu, Covilhã, Almada e Cova da Piedade.

No dia 10 de Junho de 1944 disputou-se a Taça Império que marcava a inauguração do Estádio Nacional no Jamor. Frente a frente os grandes rivais Sporting e Benfica, vencedores do Campeonato e Taça de Portugal da época que aquele jogo encerrava. No final vitória dos Leões por 3-2, com Peyroteo a marcar o primeiro golo daquele emblemático Estádio.

Nesta época mais uma vez não se disputaram jogos internacionais e as equipas das categorias inferiores do Sporting, voltaram a ter prestações modestas.

To-mane 14:24, 14 Agosto 2008 (WEST)

Figuras

Secção do Futebol

Nome Cargo Jogos V E D Observações
Isaac Sequeira Director
Joseph Szabo Treinador 30 19 6 5

Plantel

Jogador Posição Obs. CN TP CL TI Total
J G J G J G J G J G
Azevedo Guarda-redes 15 -21 2 -5 3 -7 1 -2 21 -35
Dores Guarda-redes 3 -1 0 0 7 -17 0 0 10 -18
Álvaro Cardoso Defesa Capitão 18 0 2 0 9 0 1 0 30 0
Manecas Defesa 17 0 2 0 8 0 1 0 28 0
Frazão Defesa 0 0 0 0 2 0 0 0 2 0
Octávio Barrosa Médio 12 1 2 0 1 0 1 0 16 1
Canário Médio 10 0 2 0 9 0 1 0 22 0
Eliseu Médio 11 0 2 0 8 0 1 1 22 1
João Nogueira Médio 8 0 0 0 2 0 0 0 10 0
António Lourenço Médio 5 0 0 0 1 0 0 0 6 0
Paciência Médio 3 0 0 0 3 0 0 0 6 0
António Marques Avançado/Médio 18 10 1 0 8 4 1 0 28 14
Peyroteo Avançado 17 24 2 1 9 11 1 2 29 38
Albano Extremo esquerdo 18 8 2 2 8 5 1 0 29 15
João Cruz Avançado 16 3 2 0 6 3 1 0 25 6
Mourão Avançado 13 7 1 0 0 0 1 0 15 7
Daniel Avançado 9 5 0 0 1 0 0 0 10 5
Armando Ferreira Avançado 3 1 0 0 9 2 0 0 12 3
Jesus Correia Avançado 1 2 1 0 2 0 0 0 4 2
Pireza Avançado 0 0 0 0 3 0 0 0 3 0
Virgolino Avançado 0 0 0 0 8 1 0 0 8 1
Gomes da Costa Avançado 0 0 0 0 1 1 0 0 1 1
Narciso Avançado 1 0 1 0 0 0 0 0 2 0
Ermitério Avançado 0 0 0 0 2 1 0 0 2 1
Soeiro Avançado 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

Legenda
Competição: CN=Campeonato Nacional, TP=Taça de Portugal, CL=Campeonato de Lisboa, TI=Taça Império

Jogos

Campeonato Nacional

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
28-11-1943 1ª Jornada Belenenses – SPORTING 1 – 1 Ficha
05-12-1943 2ª Jornada Académica – SPORTING 3 – 4 Ficha
12-12-1943 3ª Jornada SPORTING – V. Setúbal 3 – 2 Ficha
19-12-1943 4ª Jornada Olhanense – SPORTING 1 – 2 Ficha
26-12-1943 5ª Jornada SPORTING – Salgueiros 10 – 0 Ficha
02-01-1944 6ª Jornada SPORTING – Atlético C.P. 2 – 2 Ficha
09-01-1944 7ª Jornada SPORTING – F.C. Porto 2 – 0 Ficha
16-01-1944 8ª Jornada Benfica – SPORTING 5 – 4 Ficha
23-01-1944 9ª Jornada SPORTING – V. Guimarães 6 – 0 Ficha
30-01-1944 10ª Jornada SPORTING – Belenenses 6 – 1 Ficha
06-02-1944 11ª Jornada SPORTING – Académica 2 – 0 Ficha
13-02-1944 12ª Jornada V. Setúbal – SPORTING 2 – 3 Ficha
20-02-1944 13ª Jornada SPORTING – Olhanense 3 – 1 Ficha
27-02-1944 14ª Jornada Salgueiros – SPORTING 1 – 5 Ficha
05-03-1944 15ª Jornada Atlético C.P. – SPORTING 2 – 2 Ficha
12-03-1944 16ª Jornada F.C. Porto – SPORTING 1 – 3 Ficha
19-03-1944 17ª Jornada SPORTING – Benfica 1 – 0 Ficha
26-03-1944 18ª Jornada V. Guimarães – SPORTING 0 – 2 Ficha

Classificação

Total Casa Fora
Clube J V E D GM - GS P V E D GM - GS P V E D GM - GS P
1. SPORTING 18 14 3 1 61 - 22 31 8 1 0 35 - 6 17 6 2 1 26 - 16 14
2. Benfica 18 11 4 3 57 - 34 26 8 1 0 37 - 19 17 3 3 3 20 - 15 9
3. Atlético 18 9 6 3 51 - 28 24 5 3 1 31 - 14 13 4 3 2 20 - 14 11
4. Porto 18 10 3 5 46 - 36 23 6 2 1 24 - 13 14 4 1 4 22 - 23 9
5. Olhanense 18 10 2 6 65 - 34 22 8 0 1 41 - 10 16 2 2 5 24 - 24 6
6. Belenenses 18 9 3 6 41 - 32 21 5 1 3 23 - 13 11 4 2 3 18 - 19 10
7. Vitória de Setúbal 18 7 3 8 52 - 50 17 3 3 3 24 - 18 9 4 0 5 28 - 32 8
8. Vitória de Guimarães 18 2 3 13 25 - 68 7 2 2 5 14 - 24 6 0 1 8 11 - 44 1
9. Académica 18 3 0 15 35 - 68 6 2 0 7 23 - 36 4 1 0 8 12 - 32 2
10. Salgueiros 18 1 1 16 23 - 84 3 1 1 7 13 - 38 3 0 0 9 10 - 46 0

Pontuação: 2 pontos por vitória, 1 por empate, 0 por derrota

Taça de Portugal

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
16-04-1944 1ª Eliminatória F.C. Porto – SPORTING 2 – 0 Ficha
23-04-1944 1ª Eliminatória SPORTING – F.C. Porto 3 – 3 Ficha

Campeonato de Lisboa

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
19-09-1943 1ª Jornada SPORTING – Belenenses 1 – 3 Ficha
26-09-1943 2ª Jornada Atlético C.P. – SPORTING 3 – 4 Ficha
03-10-1943 3ª Jornada SPORTING – Benfica 2 – 2 Ficha
10-10-1943 4ª Jornada Unidos de Lisboa – SPORTING 1 – 5 Ficha
17-10-1943 5ª Jornada SPORTING – Fósforos 4 – 2 Ficha
24-10-1943 6ª Jornada Belenenses – SPORTING 5 – 1 Ficha
31-10-1943 7ª Jornada SPORTING – Atlético C.P. 2 – 0 Ficha
07-11-1943 8ª Jornada Benfica – SPORTING 4 – 3 Ficha
14-11-1943 9ª Jornada SPORTING – Unidos de Lisboa 5 – 3 Ficha
21-11-1943 10ª Jornada Fósforos – SPORTING 1 – 1 Ficha

Classificação

Class. Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas Golos Pontos
Belenenses 10 9 0 1 48-12 28
Benfica 10 7 2 1 39-21 26
SPORTING 10 5 2 3 28-24 22

Taça Império

Data Jogo Resultado Ficha de jogo
10-06-1944 SPORTING – Benfica 3 – 2 Ficha

Outros Jogos

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
12-09-1943 Amigável SPORTING – Fósforos 2 – 0 Ficha
01-12-1943 Festa do Soeiro SPORTING – Benfica 0 – 3 Ficha
27-03-1944 Amigável Sp. Braga – SPORTING 3 – 2 Ficha
13-05-1944 Amigável Comercio Indústria – SPORTING 0 – 6 Ficha
14-05-1944 Amigável Marinhense – SPORTING 2 – 9 Ficha
15-05-1944 Amigável Selecção das Caldas – SPORTING 1 – 8 Ficha
21-05-1944 Amigável Sp. Covilhã – SPORTING 1 – 7 Ficha
24-05-1944 Amigável Pedreirense e União Almada – SPORTING 0 – 10 Ficha
27-05-1944 Amigável Ac. Viseu – SPORTING 0 – 7 Ficha
31-05-1944 Amigável Misto da Cova da Piedade – SPORTING 2 – 7 Ficha
Resumo da Época
Campeonato Nacional Taça de Portugal Taça Império
Campeão 1ª eliminatória Vencedor
Campeonato de Lisboa 1ª Categoria Campeonato de Lisboa - Reservas Campeonato de Lisboa - 2ª Categoria
3º lugar 3º lugar 6º lugar

Ver também

Outros links de interesse