Skip to main content
(Outros Jogos)
 
Linha 243: Linha 243:
 
{| class="wikitable" width=100% style="text-align:center"
 
{| class="wikitable" width=100% style="text-align:center"
 
|-style="background:#E1EFC2;"
 
|-style="background:#E1EFC2;"
| width= 20%|[http://www.forumscp.com/wiki/index.php?title=1931/32#Campeonato_de_Portugal '''Campeonato de Portugal''']
+
| width= 20%|[http://www.wikisporting.com/index.php?title=1931/32#Campeonato_de_Portugal '''Campeonato de Portugal''']
 
| width= 20%|[https://www.wikisporting.com/index.php?title=1931/32#Campeonato_de_Lisboa '''Campeonato de Lisboa 1ª Categoria''']
 
| width= 20%|[https://www.wikisporting.com/index.php?title=1931/32#Campeonato_de_Lisboa '''Campeonato de Lisboa 1ª Categoria''']
 
| width= 20%|'''[[Reservas 1931/32|Campeonato de Lisboa Reservas''']]
 
| width= 20%|'''[[Reservas 1931/32|Campeonato de Lisboa Reservas''']]

Edição atual desde as 20h01min de 14 de fevereiro de 2020

Humilhados pelo Belenenses

193132.png

A época de 1931/32 foi uma das mais atribuladas da história do Futebol lisboeta e paralelamente também foi muito complicada para o Sporting Clube de Portugal.

A temporada anterior tinha ficado marcada por um conflito entre a AFL e a FPFA que agora estava sanado, mas que resultara na suspensão por um ano do Benfica e do Casa Pia, clubes que tinham desobedecido à Associação. Nesta altura a Federação recomendou à AFL que revogasse esses castigos e para esse efeito foi convocada uma Assembleia Geral da maior Associação de Futebol do País, onde os clubes lisboetas decidiram reduzir em apenas dois meses a suspenção aplicada aos dois desalinhados, o que significava que só no início de 1932 eles poderiam regressar à competição.

Entretanto o Campeonato de Lisboa já tinha começado, com a inclusão do Luso e do Barreirense nos lugares do Benfica e do Casa Pia, mas mesmo assim as pressões para a revogação dos castigos continuavam a ser enormes, principalmente porque tinha havido um significativo decréscimo das receitas devido ao afastamento do público, nomeadamente o afecto ao Benfica, que na altura já reunia uma enorme popularidade.

Assim depois de longas e polémicas discussões, em Novembro de 1931 a AFL decidiu finalmente revogar os malfadados castigos e reintegrar o Benfica e o Casa Pia nas suas competições, anulando as duas jornadas do Campeonato de Lisboa já entretanto realizadas e, partindo para um novo modelo de competição com duas series de 5 clubes, cujos três primeiros classificados de cada uma, se apurariam para uma fase final disputada apenas numa volta.

Quanto ao Sporting, mesmo não tendo nada a ver com esta confusão e sendo o Campeão de Lisboa em título, arrancou para mais esta temporada de uma forma também muito atribulada. Filipe dos Santos foi substituído no cargo de treinador pelo inglês Artur John, que tinha sido Campeão de Lisboa no Vitória de Setúbal e de Portugal no Benfica, feitos que não conseguiu repetir no Campo Grande, onde herdou uma equipa destroçada.

Jorge Vieira e Martinho de Oliveira tinham decidido abandonar o Futebol, eles que eram as verdadeiras traves mestras da equipa, mas Matias também tinha deixado o Clube e Cipriano já não tinha a agilidade doutros tempos. Para além disso Mourinha estava castigado pela AFL e Rogério de Sousa encontrava-se suspenso pela Direcção. Era mais de meia equipa perdida, isto sem esquecer que o lugar de médio centro continuava a ser um problema por resolver.

Dos que entraram inicialmente na equipa, apenas Jurado pegou de estaca no lugar de defesa direito e os resultados na Taça de Preparação não foram nada animadores, sendo confirmados nas primeiras duas jornadas do Campeonato de Lisboa, onde o Sporting foi goleado pelo Carcavelinhos e perdeu com o modesto Chelas. Valeu a já referida anulação destes dois jogos, que deu tempo para reequilibrar a equipa com o regresso de Jorge Vieira, que mais uma vez não resistiu aos apelos para ajudar o Clube, a despenalização de Mourinha e a descoberta de Faustino que veio de Santarém e de Valadas que chegou de Beja, sem esquecer a entrada do guarda-redes Dyson vindo do Benfica.

O Campeonato reiniciou-se em Dezembro com o Sporting a empatar com o Chelas, mas depois de uma derrota com o Benfica a equipa encarreirou e acabou por ganhar a sua série, que foi bastante equilibrada, chegando já apurada à última jornada em que folgava.

Na fase final o Sporting empatou com o Belenenses na 2ª jornada, ganhando todos os outros jogos, à semelhança dos homens da Cruz de Cristo, chegando assim ambos os Clubes ao fim da prova empatados com 14 pontos, sendo então agendada uma Finalissíma para o dia 26 de Maio de 1932.

Entretanto o Campeonato de Portugal já tinha começado, com o Sporting a ir ao Alentejo golear o Lusitano de Évora, mas a lesão de Jorge Vieira, entre outros impedimentos, obrigaram o treinador Artur John a recuperar Martinho de Oliveira e até a recorrer a Jusa, um jogador que já não actuava na categoria principal há muitos anos, o que fragilizou muito e equipa, que foi surpreendentemente goleada por 6-0 pelo Belenenses, em jogo a contar para a 1ª mão dos oitavos de final dos Campeonatos de Portugal.

O atraso no Campeonato de Lisboa obrigara à realização das duas últimas jornadas do regional a meio da semana, o que teve implicações negativas nas receitas dos jogos, pelo que Sporting e Belenenses chegaram a acordo no sentido de adiar a Finalissíma para uma data a acertar posteriormente, evitando-se assim a realização de mais um jogo à 5ª feira.

Entretanto o Belenenses voltou a golear o Sporting na 2ª mão dos oitavos de final dos Campeonatos de Portugal e sentindo a fragilidade dos Leões, fez tábua rasa do tal acordo estabelecido, aproveitando os regulamentos para exigir a realização da Finalissíma do Campeonato de Lisboa na data agendada, pelo que a Direcção do Sporting decidiu não comparecer ao jogo, entregando o título aos homens de Belém.

Nesta temporada Portugal defrontou a Jugoslávia em Lisboa. Artur Dyson e Alfredo Valadas foram os representantes do Sporting nessa vitória por 3-2. Antes, em Agosto de 1931, quando ainda se estava no defeso, o Vasco da Gama do Rio de Janeiro iniciou a sua digressão pela Europa em Portugal, defrontando os principais clubes do País, tendo derrotado o Sporting por 4-1.

To-mane 10:41, 4 Agosto 2008 (WEST)

Figuras

Secção do Futebol

Nome Cargo Observações Jogos V E D Titulos
Jorge Vieira Capitão Geral
Artur John Treinador 16 10 2 4

Plantel

Jogador Posição Obs. CL CP Total
J G J G J G
Dyson Guarda-redes 8 -5 3 -16 11 -21
Cipriano Guarda-redes 4 -7 0 0 4 -7
Jurado Defesa 13 0 2 0 15 0
Jorge Vieira Defesa 9 0 1 0 10 0
Martinho Defesa 2 0 0 0 2 0
Simões Defesa 0 0 1 0 1 0
Antunes Defesa 0 0 1 0 1 0
Trindade Defesa 0 0 1 0 1 0
Varela Médio 11 0 3 0 14 0
Rodrigues Médio 10 0 2 0 12 0
Faustino Médio Capitão 9 2 1 0 10 2
Mota Médio 1 0 0 0 1 0
Oliveira Martins Médio 2 0 1 0 3 0
Mourão Avançado 13 5 3 2 16 8
Abrantes Mendes Avançado 12 12 3 2 15 13
Valadas Avançado 13 7 3 1 16 8
Abelhinha Avançado 11 1 3 1 14 2
Mourinha Avançado 12 11 2 0 14 11
Luís Gomes Avançado 6 4 2 1 8 5
Mário Porto Avançado 2 0 0 0 2 0
Jusa Avançado 0 0 1 0 1 0

Legenda
Competição: CP=Campeonato de Portugal, CL=Campeonato de Lisboa

Jogos

Campeonato de Portugal

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
03-04-1932 1.ª Eliminatória Lusitano de Évora – SPORTING 1 – 7 Ficha
15-05-1932 Oitavos de Final SPORTING – Belenenses 0 – 6 Ficha
22-05-1932 Oitavos de Final Belenenses – SPORTING 9 – 0 Ficha

Campeonato de Lisboa

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
1ª fase - Serie A
13-12-1931 1ª Jornada SPORTING – Chelas 2 – 2 Ficha
10-01-1932 2ª Jornada SPORTING – Luso F.C. 10 – 2 Ficha
17-01-1932 3ª Jornada Benfica – SPORTING 2 – 1 Ficha
24-01-1932 4ª Jornada União de Lisboa – SPORTING 0 – 2 Ficha
21-02-1932 6ª Jornada SPORTING – Chelas 2 – 0 Ficha
28-02-1932 7ª Jornada Luso F.C. – SPORTING 3 – 2 Ficha
13-03-1932 8ª Jornada Benfica – SPORTING 1 – 2 Ficha
20-03-1932 9ª Jornada SPORTING – União de Lisboa 4 – 0 Ficha

Classificação

Class. Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas Golos Pontos
SPORTING 8 5 1 2 25 – 10 19
Benfica 8 4 2 2 16 – 10 18
União de Lisboa 8 4 1 3 15 – 15 17


Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
Fase Final
17-04-1932 1ª Jornada SPORTING – União de Lisboa 6 – 3 Ficha
24-04-1932 2ª Jornada SPORTING – Belenenses 2 – 2 Ficha
08-05-1932 3ª Jornada SPORTING – Barreirense 1 – 0 Ficha
12-05-1932 4ª Jornada SPORTING – Benfica 1 – 0 Ficha
19-05-1932 5ª Jornada SPORTING – Carcavelinhos 8 – 0 Ficha

Classificação

Class. Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas Golos Pontos
SPORTING 5 4 1 0 18 – 5 14
Belenenses 5 4 1 0 17 – 6 14
Benfica 5 3 0 2 7 – 8 11


Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
Finalissíma
26-05-1932 Finalíssima SPORTING – Belenenses FC – V

Classificação

Class. Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas Golos Pontos
Belenenses 14 10 1 3 50 – 15 35
SPORTING 14 9 2 3 43 – 15 33
Benfica 13 7 2 4 32 – 17 29

Outros Jogos

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
02-08-1931 Amigável SPORTING – Vasco da Gama 1 – 4 Ficha
13-09-1931 Taça de Abertura Carcavelinhos – SPORTING 1 – 1 Ficha
20-09-1931 Taça de Abertura União de Lisboa – SPORTING 4 – 1 Ficha
27-09-1931 Taça de Abertura Belenenses – SPORTING 2 – 0 Ficha
04-10-1931 Amigável FC Porto – SPORTING 6 – 0 Ficha
05-10-1931 Amigável Boavista – SPORTING 1 – 4 Ficha
11-10-1931 Taça Francisco Stromp Belenenses – SPORTING 1 – 0 Ficha
18-10-1931 Campeonato de Lisboa Carcavelinhos – SPORTING 5 – 1 Ficha
01-11-1931 Cruzada Nun'Alvares SPORTING – Luso 4 – 3 Ficha
08-11-1931 Campeonato de Lisboa Chelas – SPORTING 2 – 0 Ficha
27-12-1931 Amigável SPORTING – Vit. Setúbal 1 – 1 Ficha
01-01-1932 Amigável SPORTING – Olhanense 4 – 0 Ficha
03-01-1932 Amigável SPORTING – FC Porto 3 – 2 Ficha
07-02-1932 Amigável SPORTING – Benfica 1 – 1 Ficha
10-06-1932 Amigável SPORTING – Marítimo 5 – 1 Ficha
  • Desta lista constam dois jogos da primeira edição do Campeonato de Lisboa, posteriormente anulada.
Resumo da Época
Campeonato de Portugal Campeonato de Lisboa 1ª Categoria Campeonato de Lisboa Reservas Campeonato de Lisboa - 2ª Categoria Campeonato de Lisboa - 3ª Categoria
Oitavos de final Finalista